Fortalecimento: Os melhores exercícios para quem corre

Fala corredores, tudo bem?

Respiração, dieta, postura… O desempenho na corrida é pautado por diversos mecanismos, e um dos, senão o mais importante, é o fortalecimento da musculatura. Em alguns posts, eu comento rapidamente essa questão mas até então não tinha dado enfoque. Pois bem, hoje trago a vocês, os meus exercícios PREFERIDOS e ESPECÍFICOS PARA CORRIDA, escolhidos de acordo com cada região do corpo.

PARTE SUPERIOR DO TRONCO – FLEXÃO NO SOLO

A flexão no solo é um exercício de força por excelência. O movimento é executado de modo contínuo, sem aparelhos e sem pesos extras. Flexões no solo são benéficas ao corredor, pois fortalecem a parte superior do corpo e o abdome, assegurando-lhe uma postura adequada.

MEMBROS SUPERIORES E OMBROS – ROSCA DIRETA ALTERNADA EM PÉ COM HALTERES

Parece estranho que os corredores precisem desenvolver força no bíceps. A maior parte dos corredores de longa distância parece bem magra, mas isso não significa que sejam fracos. Desenvolver força é diferente de adquirir massa muscular. A resistência de força é extremamente importante, e dá o equilíbrio para contrabalancear o movimento dos membros inferiores.

CORE – ELEVAÇÃO DE JOELHOS COM O CORPO SUSPENSO NA BARRA FIXA

Os músculos que flexionam o quadril sofrem muita fadiga durante o trajeto de uma corrida longa ou uma competição com o mesmo tipo de terreno. Quando é uma corrida de elevação por exemplo, exigindo vários levantamentos durante a corrida, os músculos se cansam ainda mais rápido e fica difícil manter a passada firme.

COXAS – EXTENSÃO DOS JOELHOS NO APARELHO

A extensão dos joelhos no aparelho é um exercício fantástico porque é de simples execução e tem grande influência no quadríceps. Ele desenvolve de maneira uniforme todos as quatro porções desse músculo e deve estar presente no treinamento tanto dos corredores iniciantes quanto dos mais experientes. CUIDADO: Se você estiver com alguma lesão, esse exercício pode sobrecarregar de modo desnecessário e piorar o quadro.

PERNAS E PÉS – INVERSÃO DOS PÉS COM MEIA-BOLA BOSU

Meias-bolas do tipo Bosu são usadas por treinadores como uma ferramenta para desenvolver equilíbrio e propriocepção (capacidade em reconhecer a localização espacial do corpo). O desenvolvimento dessas duas habilidades traz benefícios principalmente ao corredor que corre e treina off-road. O uso do Bosu também incorpora outros exercícios normais de fortalecimento, como roscas e agachamentos com halteres.

É isso pessoal. Vale lembrar que esses são apenas alguns exercícios. Leve-os ao seu personal e peça para incluí-los no seu treino, mas não deixe de lado os outros e o mais importante, tome cuidado ao fazer por conta própria, pois um movimento errado pode causar lesões sérias e te tirar por um bom tempo das corridas.

Um abraço e até o próximo post 😉

Fonte: Livro Anatomia da Corrida – Guia Ilustrado de Força, Velocidade e Resistência para corrida. Autores: Joe Puleo e Dr. Patrick Milroy. Editora Manole.

Author colecionadordecorridas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *