Corrida Gomes da Costa 2017: Espetáculo embaixo de chuva

Olá meus amigos corredores, como estão?

Ultimamente está bem difícil de escrever aqui devido a minha rotina profissional.  Prometo publicar com mais frequência, até porque final de ano chegando a dúvida é “em que corrida terminar o ano” e preciso da opinião de vocês heheh. Mas isso é assunto para um próximo post. Hoje vim falar sobre a última prova que participei, a Corrida Gomes da Costa em Itajaí-SC, que aconteceu no último domingo (08/10).

Em 2016, já participei dessa mesma prova por convite da minha namorada. A princípio, pensei que era uma corrida simples, mas me surpreendi pelo volume de atletas e pela ótima organização, então já coloquei no calendário pra esse ano. Entretanto, correr em 2016 e 2017 foram situações muito distintas uma da outra.

Minha participação em 2016 na Corrida Gomes da Costa.

DEBAIXO DE CHUVA

No ano passado, como vocês podem ver na foto acima, estava ensolarado, um tempo bem quente. Já nesse ano, a chuva não deu trégua! Foi muita água e muito frio heheheh, o que espantou muita gente infelizmente. Enquanto que as inscrições indicavam cerca de 1.700 atletas, somente 1.000 compareceram segundo a organização, o que já é bem expressivo. Eu particularmente adoro correr na chuva, parece que o cansaço é bem menor, mas há quem não tenha disposição pra sair da cama nessas condições rsrsr.

Em 2017, a chuva foi um desafio a mais pros atletas.

O PERCURSO

Mesmo com esse tempo “cagado”, o percurso da prova é fascinante. Saindo do Centreventos, passando pelos molhes do Atalaia e indo até a praia de Cabeçudas, a prova nos presenteia com belas paisagens do oceano e dos navios que por ali trafegam devido ao porto. Sobre a dificuldade, eu diria que o trecho é bem desafiador, com cerca de 3 pontos de subida e muitas curvas. Pra quem fez 10km, assim como eu, é bem gratificante completar.

O sorriso no rosto de quem tá prestes a concluir 10km kkk.

A ORGANIZAÇÃO

Mais uma vez, a Corre Brasil, responsável pela corrida, deu um show de organização e cuidado com os atletas. Sinalização bem clara, guias preparados, e eu lembro de ter passado por 5 pontos de hidratação. Ao final da prova, frutas e isotônico a vontade da Nitrix. E não era em copinho não hein, ganhamos garrafa fechada 😉 E, claro, uma medalha linda de participação!

Meu “troféu”.

MEU DESEMPENHO

Nos últimos meses tenho passado um momento conturbado na minha vida profissional, o que bagunçou a minha vida e principalmente meus horários de treino. Realmente estou muito fora de forma, cerca de 7kg acima do peso ideal. O resultado foi um tempo 10 minutos acima do ano passado. Dessa vez, completei os 10km com um tempo de 58min50s. Se Deus quiser, voltarei ao ritmo anterior em breve, fazendo aquilo que sou apaixonado e muito bem de saúde.

 

Misto de cansaço e dever cumprido. Melhor sensação!

É isso meus amigos! Minha 48ª corrida, rumo aos 50 até o final desse ano. A próxima será dia 29/10 em Palhoça-SC, na corrida Outubro Rosa. Quem tiver por aqui, vale muito a pena, será em um local lindo, a famosa Cidade Pedra Branca, e ainda de quebra, parte do dinheiro das inscrições irá para instituições de combate ao câncer de mama, legal né? Inscrições pelo link: http://inscricoes.focoradical.com.br/prova/1046-caminhada-e-corrida-juntos-pelo-rosa-2017

Um abraço e até o próximo post 😉

Author colecionadordecorridas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *