Corredores de Carteirinha: Eduardo Hanada

Fala pessoal, tudo bem?

Desde quando criei o blog, já tinha o nome dele em mente para essa sessão. Finalmente tive a honra de entrevistá-lo e compartilhar aqui uma história pra lá de inspiradora. Trata-se do Eduardo Hanada, uma das figuras mais presentes nas corridas aqui em Santa Catarina e também pelo Brasil afora. Seu currículo já possui 329 corridas (sim, é isso mesmo!), um número surpreendente, haja visto que são apenas 8 anos e meio em atividade. Aos seus 47 anos de idade, Hanada se inspira nos amigos atletas mais velhos e/ou experientes, pois espera chegar na idade deles com a mesma saúde e vitalidade.

CORRIDA PELA VIDA

No final de 2008, Eduardo sabia que precisava abandonar o sedentarismo, pois estava a beira de um infarto. A situação o assustou e, mesmo com dificuldades, ele começou a treinar. “Corria, mas era muito sacrificante. Sabia que era preciso continuar e queria saber como estaria depois de 5 anos, se continuasse”, diz. A paixão pelas corridas veio quando ele se inscreveu em sua primeira prova em abril de 2009, e engana-se quem acha que ele começou fácil, pois a distância escolhida foi de 10km! “Me deu uma sensação incrível de poder e de superação, mesmo chegando quase em último lugar. Fui conhecendo o pessoal das corridas e esse círculo de novas amizades e integração foi fazendo com que eu não parasse mais”, revela o atleta.

CORRO PRA COMER E COMO PRA CORRER

Brincadeiras à parte, Hanada me contou que um dos maiores prazeres da corrida, ao menos pra ele, é poder comer sem privações. “Eu gosto muito de comer. Diria que manter a forma física  é um dos grandes motivos que me mantém nesses últimos anos”, conta ele rindo. O corredor também gosta de se desafiar e sempre tentar bater seus tempos, além de usar as corridas como motivo de viagens (quem não gosta né? heheh).

Ao longo da conversa, fiquei curioso. Diante de tantas conquistas, o que mais Eduardo poderia buscar? Mas foi aí que ele me mostrou uma lista de objetivos. Mesmo sabendo que está no seu limite (segundo ele próprio), ele almeja marcas difíceis, que só são conseguidas com dedicação e restrições. Abaixo, seus sonhos:

05 Km – Sub-20 min

10 Km – Sub-42 min

21 Km – Sub-1h35min

42 Km – Sub-3h25min

São Silvestre – Sub-1h10min

Wings for Life (prova que desafia os corredores a percorrerem a maior distância até que um carro os ultrapasse) – mais de 30 Km

AS CORRIDAS COMO UM NEGÓCIO COMERCIAL

Esse é um tema bastante polêmico e nada melhor que alguém experiente para opinar sobre. Eduardo acredita que o mercado está crescendo e que possui bastante espaço e oportunidades, mas o público está ficando cada vez mais exigente quanto a organização, exigindo preço justo, kit razoável, percurso aferido, premiação por faixa etária, facilidade na retirada do kit, boa estrutura na prova, medalha personalizada, boa divulgação e bons apoiadores/patrocinadores. “Esses fatores fazem com que a corrida tenha grandes chances de sucesso. Os atletas gostam de ser bem tratados e respeitados, e como qualquer outro negócio, a fidelização é essencial”, enfatiza o atleta.

Aguardei ansioso pelo momento de fazer o clássico pedido: Deixe uma mensagem de inspiração para quem quer começar a correr. Eis a resposta:
“Corra pela sua saúde, e de quebra, tenha um bom condicionamento físico, um círculo de amigos maior, um sono de melhor qualidade, uma grande disposição, um motivo a mais para viajar, uma sensação incrível de poder, e muitas histórias incríveis para contar”.

É isso pessoal, mais uma história incrível que tive o prazer em ter aqui no blog. Ah, e por falar nisso, o Eduardo também tem um, o “Minha vida de Corredor”. Pra conferir, clique aqui

Um abraço e até o próximo post 😉

Author colecionadordecorridas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *