Dicas para Correr no Calor: O que fazer e o que evitar

Fala meus amigos!

Assim como fiz o Post de Dicas para Correr no Frio, agora chegou a vez de falarmos sobre calor. Principalmente aqui no Sul onde eu moro, as estações são bem definidas, e por isso sentimos a mudança brusca de temperatura. Quando você é atleta e gosta de treinar na rua, isso se torna um grande problema! Minha última corrida no ano de 2018 foi no Rio de Janeiro, em Copacabana, com largada às 7h e 33º com sol a pino. Pra vocês terem ideia de quanto eu sofri pra terminar os 5km, normalmente eu faço em torno de 27 minutos. Lá, completei a distância em 42min! É mole?!

Corrida Rei e Rainha do Mar em Copacabana. Calor ao extremo!

É importante sabermos o porquê é mais difícil correr no calor. Nosso corpo tem uma espécie de “chave de segurança”, que diminui a energia aplicada nos exercícios para proteger o cérebro das altas temperaturas, haja visto que, beirando os 39º, começamos a ter náuseas e confusão mental, e em casos extremos, desmaios. É como se o corpo adequasse o esforço para estar dentro da temperatura segura.

Mas então, o que fazer para amenizar os efeitos do calor?

MANTENHA-SE HIDRATADO

Esse é o principal! Em temperaturas normais, o ideal é beber 2 litros de água por dia. No calor, beba 3 litros, e durante os exercícios se hidrate no mínimo de 30 em 30 minutos, jogando o líquido na cabeça e nas partes expostas do corpo. E, não esqueça de beber água ANTES do treino também! A defesa do nosso organismo para resfriar o corpo é o suor, e quanto mais suamos, mais desidratados ficamos.

DIMINUA O RITMO

Não tenha vergonha de correr mais devagar. Não é por desacelerar, que você vai prejudicar o desempenho, pelo contrário. Adequando o ritmo ao calor, fará você se sentir melhor e mais resistente. Vá com calma! 🙂

Caminhando na corrida com o sol forte, aparentando cansaço.

CAPRICHE NO PROTETOR SOLAR

Mesmo quem não é branquinho assim como eu, deve fazer uso do protetor solar em qualquer exposição ao sol. Os efeitos do produto bloqueiam os raios UVA e UVB e também ajudam a controlar a temperatura corporal, além do que, ninguém quer ficar com aquela queimadura ardida depois né? Há no mercado, protetores específicos para a prática de esportes, mas isso é assunto para outro post 😉

Correndo na praia a luz do dia na corrida Portonave em Navegantes

PREFIRA CORRER CEDO OU NO FIM DA TARDE

O ideal é evitar correr quando o sol estiver muito alto. Sabemos que diante da rotina de cada um, nem sempre é possível, mas quando der, escolha se exercitar até as 9h ou depois das 18h30. Uma questão óbvia, mas disciplina já faz parte do atleta, não é mesmo? Fica a dica também para os organizadores de provas! Largada no verão, às 8h, 9h não dá! Preste atenção nesses horários ao se inscrever. Do contrário, pode ser uma furada!

OUTRAS DICAS:

  • Passe gelo no corpo antes de correr, em especial nas axilas e na virilha
  • Diminua o tempo de aquecimento
  • Vista roupas que contenham proteção contra raios solares
  • Reponha sua alimentação assim que terminar o treino. Dê preferência a frutas e isotônicos.

Dito tudo isso, bóra encarar a rua? Espero que tenham gostado das dicas, e se tiverem algo a acrescentar, deixem nos comentários ok? Um abraço e até a próxima!

Author colecionadordecorridas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *